Dicas para reciclagem


Anúncios

54 Respostas to “Dicas para reciclagem”

  1. lucio m elger Says:

    parabens pelo trabalho e dedicaçao e ao respeito pelo cidadao e meio ambiente. sou coordenador da central de reciclagem e do aterro sanitario municipal da cidade de toledo parana

    • paulopeneluppi Says:

      Olá Lucio,
      Agradeço as suas palavras elogiosas ao nosso trabalho. Atuo como voluntário neste projeto social. Veja também o nosso novo projeto de reciclagem de óleo vegetal usado. Estamos concluindo a instalação industrial de uma usina recicladora de óleo. Abraços. Paulo

  2. Patricia Helena de Oliveira Caetano Silva Says:

    Parabéns pelo projeto.
    Estou pretendendo montar no distrito de Moreira César, um trabalho desse, onde favorece o meio ambiente, como também as pessoas que moram, dando o primeiro emprego. Por isso agradeço as informações contidas neste site, onde vai me ajudar a criar uma associação de reciclagem na minha cidade.

    • paulopeneluppi Says:

      Patricia,
      Agradecemos o seu contato, preocupação com o Meio Ambiente e também o interesse em contribuir para a cidadania dos excluidos de nossa sociedade.
      Para sua informação existe atualmente duas cooperativas de reciclagem no municipio de Pindamonhangaba. Uma na cidade de Pinda com apoio da Prefeitura Municipal e outra em Moreira Cesar com apoio da Igreja Católica – na Paróquia São Benedito – Vila São Benedito.
      Faça contatos com as mesmas para somarmos nesta luta:
      Cooperativa de Produção Recicla Vida – Presidente Ana Lúcia Eliani da Silva Marceloni – cel. 12 92093073
      AMAR – Associação Moreia Cesar de Artes e Reciclagem – contato Maria Angela G. Silva – cel. 12 92093073
      Vamos nos mantendo em contato.
      Sucesso em sua caminhada.

      • Patricia Says:

        Obrigada pela dica. Vou contactar com esta duas indicações.
        A ideia já foi lançada, agora mãos a obra, para que o projeto atinja toda população.

  3. chelly Says:

    ja trablhei em uma cooperativa mais nao deu certo motivo pessoas muito gananciosas. hoje abri minha propria reciclagem deu certo. trabalhamos com 20 pessoas como se fosse uma cooperativa de verdade. dividimos lucros e despezas. somos na realidade uma família. fico feliz por voçes parabéns.

  4. chelly Says:

    esqueci de passar meu endereço . sou de lages sc fone:049 32245330 . adorei conheçer voçes beijos.

  5. Mari Says:

    Estou com um projeto de criar uma Cooperativa de reciclagem na minha cidade, até porque a que tinha aqui não deu certo devido a ganancia e o abuso da boa Fé de pessoas que só querem melhorar de vida e ter mais dignidade.
    Sempre tive o desejo de começar algo neste segmento, pois acho que nosso Meio Ambiente precisa de socorro e com medidas simples podemos reverter este quadro.
    Gostaria de mais informações para dar continuidade a este projeto.
    Desde já obrigado pela atenção

    • Paulo Peneluppi Says:

      Mari,
      Agradeço o contato. A cooperativa que atuo como voluntário completou no ano passado 10 anos e nunca tivemos problema de ganancia pois tem o apoio consta da Paroquia em que está sediada.
      No site tem informações sobre o cooperativismo no item legislação.
      Para montar a cooperativa de reciclagem voce necessitará basicamente ter no minimo 20 pessoas que serao cooperadas. Terá que ter apoio da Prefeitura, Igreja (este ano a Campanha da Fraternidade aborda Fraternidade e a Vida no Planeta – A criação geme em dores de parto) ou outra entidade.
      O espaço necessário de área deve ser pelo menos 1000 m2 (na nossa cooperativa temos 6000 m2 em regime de comodato com a Diocese). Equipamentos basicos: carrinho, balança, prensa e veiculo para a coleta (A Caritas Regional SPaulo disponibilliza kit de maquinarios dentro do projeto LUXO DO LIXO – nao se se ainda tem equipamento disponivel).
      Em que cidade você está para eu poder ajudar mais, pois existe particularidades de cada regiao.
      Fico à disposição.

      Paulo

      • Mari Says:

        Sr. Paulo obrigado pelo seu retorno, eu resido em Cubatão e perdoe -me meu português percebi falta de sentido no texto que enviei, espero que tenha compreendido.

      • Paulo Peneluppi Says:

        Mari,
        Ficamos as ordens. Quando quiser vir nos visitar sinta-se a vontade. Vou lhe pedir uma ajuda. Veja como está a coleta de óleo vegetal em Cubatão. Voce poderia ajudar-me a localizar na cidade quem está coletando e passar nos o contato. Também poderia nos ajudar a montar uma rede de coleta de óleo na cidade (veja mais informações no site).
        Temos também interesse na compra deste óleo para o projeto social ÓLEO VALE.

      • renata Says:

        oi meu nome e renata estou querendo criar uma cooperativa no meu bairro como faço pode mim dar uns toques sou de bh bairro santa celicia

  6. Mari Says:

    Sr. Paulo Peneluppi,
    Infelismente não a coleta de óleo em Cubatão, obtive informações que em Santos e São Vicente há Projetos de coleta de óleo (Ongs e particulares ).

    • Paulo Peneluppi Says:

      Mari,
      Obrigado pela informacao. Se voce conseguir contato das ONG e particulares que estao fazendo a coleta em Santos e Sao Vicente, me passe por favor.
      Se também quiser estruturar a coleta de óleo em Cubatao podemos orientar como fazer e ajuda-la na estruturacao.
      O projeto social ÓLEO VALE esta preparado para atender a estruturacao de outras cooperativas.
      Paulo

  7. Rita lima Says:

    Sr Paulo, estou tentando abrir uma coo perativa de reciclagem, o intuito é para moradores de rua. A ideia é cooperativa com moradia para que saim das ruas,gostaria da sua ajuda com dicas de como consequir ajuda para realizar esse projeto que acredito ser de grande valor pois a vida nas ruas é triste a intenção é resgate a vida, dignidade e retorno a sociedade desde ja agradeço DEUS o abençoe meu nome é Rita Lima moro em São Paulo na zona leste

    • Paulo Peneluppi Says:

      Rita, que ótimo que voce esta empenhada em ajudar as pessoas. Em Sao Paulo já existe várias cooperativas operando até mesmo na região Leste mas acredito sempre haver espaço para mais cooperativas. Recomendo voce procurar um padre da paróquia na regiao em que voce pretende implantar a cooperativa (este ano a campanha da fraternidade aborda este assunto). A outra forma, seria apoio da Prefeitura (procurar a regional local). De minha parte fico a disposição para ajudar e caso queira vir conhecer o projeto social da Cooperativa Sao Vicente estaremos de braços abertos para recebe-la. Veja também o site http://www.mncr.org.br

  8. antonio marcos Says:

    Boa tarde! Tenho uma empresa de disk entulho, e vejo que jogamos muita coisa fora.Decidi instalar no Park Way um container para a
    populaçâo trazer os descartaveis.No entanto, apos 15 dias, o administrador disse que eu deveria retirar, pois estava ocupando uma area publica.Gostaria de saber qual o meio legal para que eu possa reinstalar esse container novamente.Me filiar a uma cooperativa e enviar todo o material pra la resolve? Ou entâo um abaixo assinado dos moradores? Ou chamar a imprensa? Pensei tambem em acionar o ministerio publico.Pois ha uma resoluçâo do conama que diz que todo municipio,federaçâo ou estado, deve incentivar,facilitar e promover a reciclagem em todo territorio nacional.Por favor, me de uma orientaçâo pois acho um absurdo o administrador preferir que muita coisa que poderia estar gerando renda,cidadania e qualidade ambiental,continuar indo para o lixâo.A cooperativa tem um respaldo juridico para a instalaçâo de um recipiente em area publica de uso comum?
    Agrdeço imensamente qualquer orientaçâo.
    Atenciosamente:Antonio Marcos 61 84698191

  9. Nilvana Ramos Dorado Nunes Says:

    Olá… amei saber um pouco do trabalho de reciclagem que realizam.
    Parabéns.
    Na minha cidade ainda ninguém desenvolve um trabalho assim.
    Gostaria de conhecê-los mais.
    Abraços.

  10. Nilvana Ramos Dorado Nunes Says:

    Sro Paulo;
    Diga-me existe alguma organização que realiza capacitação gratuita para desenvolver um projeto de reciclagem?
    Moro em Cáceres-MT conhecida também como Princesinha do Pantanal afinal segundo a Geografia estou no meio do Pantanal Matogrossense. O poder público assim como em todo Brasil não dá importância a Reciclagem sendo assim não posso pedir apoio pra eles.
    Gostaria que possível for receber orientações sua com relação a capacitação/projeto/cooperativa destinada a pessoas de baixa renda.
    Aguardo seu contato.

    Felicidades.

  11. Nilzemir Flausino da Cruz Lopés Says:

    Trabalho a 4 anos em um escola publica do estado hoje como Agente Educacional I, mas vejo que ainda não tem muito interesse sobre a reciclagem, mas já trabalhei 16 anos em uma escola do Municipio, onde comecei como servente, atuei como secretaria a convite da diretora e depois por falta de uma pessoa na biblioteca, passei a dar aula de Literatura Infantil e Arte. Lá eu me encontrei pois trabalhava as 2 disciplinas juntos a literatura e a arte de reciclar garrafa pet, latinha de extrato, onde colocava se também meio de vender a suas criatividades e ter alguns lucros. Lógico alguns alunos adotaram esse costume. Hoje trabalhando, de manhã e a tarde pelo estado, ainda gosto do que fazia, sou Alfabetizadora do Paraná a noite e já estou começando a intrui-lo. O gosto de reciclar.

  12. SUZANA Says:

    Bom dia, Paulo

    Meu nome e Suzana e moro em São Luis-MA.
    Quero muito criar uma associação aqui na cidade e realmete até agora só teha a vontade de colocar este projeto em prática. Não sei realmente por onde começar, mais dando uma espiadinha nas suas conversas com os outros internautas, descobrir por onde começar, quero muito sua ajuda nesse ramo pois quero realmente criar esta assoc. A empresa VALE fica aqui no bairro onde moro será que eu poderia procurar a ajuda da empresa para a criação deste projeto? Me ajude Paulo pois como ja te falei eu só tenha a vontade e quando falo e comento com alguem sobre este projeto tenho só forças egativas.
    espero sua resposta.

    • Paulo Peneluppi Says:

      Olá Suzana,
      O projeto social da Cooperativa de Reciclagem Sao Vicente e o projeto ÓLEO VALE está localizado no Vale do Paraiba, na cidade de São José dos Campos – SP. No viste no link https://cooperativadereciclagem.wordpress.com/legislacao/ voce encontrar informacoes para parte legal para estruturar uma cooperativa. Visite o site para obter apoio http://www.ocb.org.br/site/brasil_cooperativo/index.asp . Também o SEBRAE pode ajudar a voce para conhecer mais sobre o cooperativismo e assim transformar a sua vontade em um projeto de sucesso. Siga em frente e fico a disposição. Paulo Peneluppi

  13. VANESSA APARECIDA AMARO Says:

    OI SENHOR PAULO TUDO BEM ESTOU PRETENDENDO ABRIR UMA COOPERATIVA DE RECICLAGEM DE OLEO EM MINHA REGIÃO QUE NÃO, TEM ,MAS ESTOU SEM SABER DO QUE PRECISA PARA O FAZER ,QUERO MUITO AJUDAR NA COLETA POIS SEI QUE O MEIO AMBIENTE AGRADECE PRECISO DE AJUDA AGUARDO SUA RESPOSTA.A MORO EM CACONDE SÃO PAULO.

    • Paulo Peneluppi Says:

      Vanessa, agradeço o seu contato. Que bom que temos cada dia, mais e mais pessoas preocupadas em tomar atitudes em prol do meio ambiente.
      Para abrir uma cooperativa voce pode ver no site as informacoes no item LEGISLAÇÃO – ver o link https://cooperativadereciclagem.wordpress.com/legislacao/ .
      Estruturado a parte legal voce deve organizar a parte operacional: fazer um plano de negocio para verificar a viabilidade de sua execução. Com certeza um projeto como este necessita de apoios institucionais (prefeitura, ONG, empresas, etc) para se poder viabilizar. No caso nosso tivemos o aporte financeiro do INSTITUTO CAMARGO CORREA. Deixo também o e-mail da cooperativa coopsv@bol.com.br para trocarmos mais informações e fique a vontade se quiser nos visitar.
      Abraços. Paulo Peneluppi

  14. Taynara Silva Says:

    Boa tarde, estou levantando projetos p tomar como base, para criação de uma Coleta seletiva e Reciclagem numa cidade de cerca de 13mil habitantes, e gostaria de receber um suporte de vcs q tem mais experiência. Fico aguardando o contato.

    • Paulo Peneluppi Says:

      Taynara, agradecemos seu contato conosco. No site no item biblioteca tem algumas informações disponíveis. Veja também no site da OCESP para ter informações sobre cooperativismo. Basicamente você terá que ter apoio da Prefeitura do município ou de entidade ou ONG, para primeiramente montar um estatuto de formação de uma cooperativa com o minimo de 20 pessoas. Estruturado os cooperados e um espaço para trabalhar pode voltar a nos contatar para comentarmos sobre a logistica da coleta, reciclagem e venda dos materiais com o correto rateio aos cooperados. Paulo

  15. veronilton Paz Says:

    Como criar uma associação de reciclagem de lixo? Quais os passos?

    • Paulo Peneluppi Says:

      Veronilton, agradecemos seu contato. Respondi esta mesma questão para uma outra pessoa. Por gentileza veja nos comentários. Paulo

  16. rodrigues Says:

    a cidade de sao paulo esta preparada realmente para a reciclagem de lixo

    • Paulo Peneluppi Says:

      Rodrigues, a cidade de Sao Paulo é um péssimo exemplo de reciclagem. Os melhores resultados da reciclagem são obtidos através dos catadores. Conheça o Movimento Nacional dos Catadores e ou cooperativas de reciclagem que deve existir no entorno de onde você mora. Veja o site a http://www.mncr.org.br/ e quem sabe você possa contribuir com trabalho voluntário em algum projeto de cooperativa de reciclagem. Aqui em São José dos Campos – SP, temos duas cooperativas: uma apoiada pela Diocese de São José dos Campos e outra pela Prefeitura Municipal além da coleta também feita por empresa contratada pela Prefeitura.

  17. Angela Says:

    Olá, gostei muito do projeto!!!
    Sou de Resende-RJ pertinho de vcs, e atualmente morando em Rio das Ostras-RJ fiz um curso de gerenciamento de resíduos sólidos e saneamento,estou precisando de ajuda pois minha cidade não tem coleta seletiva, está em atraso estou empenhada em fazer um projeto e gostaria de uma ajuda poderia ir visita-los pois tenho a familia em Resende que fica pertinho, podendo voltar no mesmo dia, desde já muito obrigada!!!

    • Paulo Peneluppi Says:

      Angela, ficamos a disposição para recebe-la em nossa cooperativa. No site tem o endereço e mapa. É só combinarmos. Veja a data que virá e irei recebe-la na cooperativa. Eu atuo como voluntário neste projeto social.
      Estude um pouco a POLITICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS (disponível no site no item legislação) pois todas as prefeituras tem até 2014 para acabar com os lixões nas cidades.
      Aguardo seu novo contato.
      Paulo Peneluppi

  18. Isabela Says:

    Boa tarde! Tenho a intenção de criar uma cooperativa de reciclagem em sp (zona leste). Nos comentários acima vi quais os passos que devo tomar, porém gostaria de alguns esclarecimentos. A cooperativa montada, recolheríamos os materiais nas ruas, iríamos separá-los e depois? Tem destino certo para venda? Aguardo um breve retorno. Obrigada!

    • Paulo Peneluppi Says:

      Isabela, desculpe pela demora na resposta. São Paulo tem diversas cooperativas de reciclagem. Faça contato com o Movimento Nacional de Catadores de Recicláveis – MNCR – http://mncr.org.br/.
      Para montar a cooperativa exige-se o minimo de 20 pessoas (veja OCESP – http://www.ocesp.org.br/ e lei no proprio site)
      Vender é a parte mais fácil. Tem muita procura no mercado e no começo você vai vendendo para atravessadores, mas depois você vai conseguindo vender para os maiores do mercado, para depois poder chegar nas empresas que processam estes materiais. Ai você já precisará estar trabalhando em rede com outras cooperativas.
      Vá em frente com seus planos e fico a disposição para ajudar.
      Paulo Peneluppi

  19. Deusa Fonseca Says:

    olá eu me chamo Deusa e ando tendo ideias sobre organizar no bairro em que moro uma cooperativa de reciclagem,mais estou perdida não sei bem como começa, pra começa eu nunca ouvir falar sobre reciclagem na cidade onde moro .gostaria de saber como começa e se é preciso de dinheiro para algo.Obrigado pela atenção!!!!!!!

    • Paulo Peneluppi Says:

      Deusa, que bom que você está pensando no assunto da reciclagem. Dinheiro sempre vai precisar mas primeiro precisa das pessoas. Veja respostas já dadas no site sobre este assunto mas começe estudando um pouco sobre cooperativismo e reciclagem. Para cooperativismo visite o site da OCESP – http://www.ocesp.org.br/ e para ideias da reciclagem visite os sites MNCR – http://mncr.org.br/ e CEMPRE – http://www.cempre.org.br
      Fico às ordens.
      Paulo Peneluppi

  20. Kamilla Says:

    Ola! Eu sou de um cidade no interior do Pará,barcarena.qual o primeiro passo para abrir uma cooperativo que gere emprego? Agradeço desde já sua atenção!

    • Paulo Peneluppi Says:

      Kamilla, existe diversos passos juntos no começo. O mais importante são as pessoas. Havendo um grupo minimo de 20 pessoas (lei do cooperativismo-veja no site) você pode montar uma cooperativa. Depois você vai precisar de um espaço para trabalho e equipamentos (Prensa, carrinhos, mesa para separação, etc). Montar uma rede de coleta de materiais recicláveis e uma rede de venda dos materiais. Nao se esqueça da parte burocrática: estatuto, registro nos orgãos legais, etc.
      Visite o site sobre cooperativismo – OCESP – http://www.ocesp.org.br/
      Fique a vontade para contatar novamente.
      Paulo Peneluppi

  21. Rafaelle Alves Says:

    Boa noite Paulo Peneluppi, sou de Juazeiro do Norte, interior do Ceará, há tempos tenho o desejo de ajudar minha comunidade, e estudando algumas alternativas de como faze-lo, percebi que uma cooperativa seria uma excelente ideia, o problema é que não tenho a mínima noção de como iniciar, sou contadora, e em relação a parte burocrática não é problema, tenho várias idéias em mente, já procurei o sebrae no meu municipio mas nao obtive a resposta necessária, pq além da coleta queria implantar também a reciclagem, alguns cooperados fariam o trabalho da coletagem enquanto outros trabalhariam internamente utilizando-se do material para fabricar produtos artesanais que seriam vendidos em espaço separado e o material que nao fosse reutilizado seriam vendidos. O que você acha da idéia, pode me dar alguma dica? Grata,

    Rafaelle Alves.

    • Paulo Peneluppi Says:

      Rafaelle, que bom saber do seu desejo de ajudar a comunidade. Como você é contadora com certeza tira de letra a parte burocrática. Nossa cooperativa trabalha na maneira comentada por você: temos um caminhão que coleta rotineiramente os materiais na comunidade (igreja, empresas, escolas, entidades, etc). Com o material na cooperativa tem uma equipe que faz a triagem (separação por tipo) em mesas metálicas. Alguns materiais são vendido a granel e outros prensados (papel, papelão, pet, sacos plásticos, etc).
      Temos também venda de materiais recebidos em doação, tais como: mesa, cadeira, computador, peças, portão metálico, etc, que são vendidos e ajuda na receita mensal. Nos trabalhos artesanais ainda não conseguimos desenvolver mas nesta semana recebemos uma palestra e o pessoal ficou entusiasmado. Vamos ver se conseguimos. Visite o artecomnareciclavel.nafoto.net (veja as fotos do nosso treinamento). Visite também o site do cooperatismo da OCESP – http://www.ocesp.org.br/ e o site CEMPRE que disponibiliza manuais (alguns grátis e outros pago) – http://www.cempre.org.br/manuais.php.
      Também busque apoio na Prefeitura, ONG, igreja, etc. A nossa tem apoio da Igreja – Diocese de São José dos Campos – SP.
      Fique a vontade de perguntar novamente e vou ajudando daqui no que puder.
      Mande noticias do encaminhamento do projeto por ai.
      Paulo Peneluppi

  22. roberto fernandes Says:

    boa noite,paulo estou pensando em abrir uma cooperativa de reciclagem mais não sei como abrir pela parte burocratica em algum tempo já trabalho fazendo toda a separação de plásticos,papelão etc. mais não sei como nem aonde procurar para começar e abrir esta cooperativa.espera ancioso por sua resposta.roberto fernandes.

    • Paulo Peneluppi Says:

      Roberto, sobre o cooperativismo recomendo você acessar no Portal do Cooperativismo – http://www.ocesp.org.br. No item legislação do nosso site há também tem a Lei Federal sobre o Cooperativismo – lei no. 5764 de 16/12/1971 e também no item Biblioteca que algum material de apoio.
      Basicamente você precisara de um grupo de 20 pessoas interessadas para montar uma cooperativa. Precisa fazer o Estatuto e registrá-lo. É bom você procurar uma pessoa da área contábil, com experiencia em cooperativismo, para auxiliá-lo no processo burocrático, já que na parte funcional da cooperativa você já está atuando. Parabéns pela iniciativa.
      Fico a disposição.
      Paulo Peneluppi

  23. Cristiane Says:

    Paulo,boa noite…visitando a internet e pesquisando “como montar uma cooperativa de reciclagem”…um sonho que quero muito realizar, li seus comentários e gostei muito. Só não entendi por que preciso do “apoio” da Igreja e da prefeitura…daria para fazer de forma “particular”? Você tem como informar qual seria o custo para montar esta cooperativa e se é difícil encontrar as índustrias/fábricas para os produtos recicláveis. Sou de São Paulo, zona leste, e meus filhos estudam em uma escola católica na Vila Matilde…somos uma família de recicladores a muito tempo, por este tenho um grande interesse no assunto.
    Abraço.

    Cristiane

    • Paulo Peneluppi Says:

      Cristiane, obrigado pelo seu contato. A reciclagem no Brasil e no mundo é uma atividade comercial rentável. No entanto quando falamos de reciclar os resíduos sólidos urbanos os valores comerciais nem sempre são atrativos e dai o motivo desta atividade estar focada em atividades executadas via cooperativismo. No cooperativismo o custo da mão de obra é menor pois não existe o empregado mas sim o agrupamentos de pessoas (proprietárias) em torno da atividade da reciclagem. Sua origem é do sec. XIX – http://www.coopesp.org.br/cooperativismo.pdf Para montar a cooperativa você precisa reunir no minimo 20 pessoas por exigência legal (veja no site) e o investimento inicial não sei precisar, mas você necessitará de uma área para receber, estocar, processar os materiais recicláveis. Os equipamentos mínimos são: veiculo para coleta, mesa ou esteira para a triagem, prensa hidráulica para prensagem de materiais de papel, plastico e metal, balança de 500 kg, carrinhos para transporte de fardos e materiais a granel, sacos e tambores. Quanto ao mercado para comprar os produtos reciclados é muito amplo e não faltará compradores – o problema é ter volume para vender diretamente as recicladoras ou ter que vender aos intermediários onde o preço será sempre menor. No site http://www.cempre.org.br tem o preço dos materiais recicláveis comercializados. Devido aos custos dos investimentos iniciais e haver interesse do governo na reciclagem tem havido disponibilidade de recursos financeiros a disposição das cooperativas. Consulte o site http://www.mncr.org.br A reciclagem do resíduo solido urbano tem sido sempre uma atividade focada em ajudar a camada social menos favorecida (veja lei federal 12305 e decreto 7404 no site). Fico a disposição para mais informações e sem quiser vir nos visitar fico a disposição. Abraços. Paulo Peneluppi.

  24. Reinaldo Says:

    Sr. Paulo, gostaria de saber quanto a prefeitura apoia a cooperativa de reciclagem , e se o prefeito do municipio ajuda comprar as maquinas, sou de mogi das cruzes, Reinaldo, desde já agradeço pela tua atenção, e também pelo seu trabalho.

  25. Robert Willian Says:

    Boa noite;
    Gostaria de abrir uma cooperativa aqui no Maranhão, cidade de Caxias. Alguma dica sobre como funciona aqui?

  26. renata Says:

    oi meu nome e wilson estou querendo abri uma cooperativa de lixo reciclavel onde devo ir quem devo procura e a prefeitura pois nos n temos dinheiro sera que a prefeitura ajuda no galpao sou de bh barreiro me ajuda me dando uns toques ,pq os materiais de coleta celetiva pode ajuda tb mais procuro quem primeiro

    • Paulo Peneluppi Says:

      Wilson, agradeço seu contato.
      Sim, você deve procurar a Prefeitura para buscar apoio pois está previsto na Politica Nacional de Resíduos Sólidos no art 18 e seus itens (Lei 12.305/2010).
      A Prefeitura deve ter o seu PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS – PMGIRS e neste plano deve estar incluído apoio as cooperativas de reciclagem de resíduos sólidos.
      De qualquer forma você também procurar advogado e ou contador para elaborar o Estatuto Social da Cooperativa de Reciclagem que deve atender a Lei 5764/71 Lei do cooperativismo e Lei 12690/12 Lei do cooperativa de trabalho.
      Lembre que a cooperativa é uma empresa que funciona num regime especial, de cooperativismo, e assim é importante ter as pessoas que irao participar ciente de como funciona uma cooperativa. Neste sentido a SESCOOP pode ajudar. Veja no site http://www.portaldocooperativismo.org.br/
      Fico às ordens.
      PauloPeneluppi

      • renata Says:

        OK .entao antes de procurar a prefeitura devo ter em mãos o projeto todo pronto das pessoas que vao trabalhar o galpão em mente ? nome do contador documentação das pessoas o nome da cooperativa ? pq ja temos uma fabrica que vai deixa com a gente prensas ,e vai compra e busca os fartos isto e bom n e

      • Paulo Peneluppi Says:

        Renata, estou na duvida se já respondi aos seus questionamentos. É isto mesmo vocês vão ter gastar um tempo para organizar todas as informações necessarias para quanto chegar na prefeitura eles sentirem como vocês estão bem preparados. Fico contente por vocês terem apoio de uma fabrica que vai oferecer prensa para a cooperativa. Informe-me o nome da cooperativa e cidade onde está. Me mande o seu estatuto social no meu email paulopeneluppi@gmail.com

  27. antonio wilson Says:

    ola senhor paulo,meu nome e antonio wilso hj estou em uma cooperativa aki no Piaui na cidade de campo maior,gostaria de saber como nois poderiamos consequir os magnarios para nossa cooperativa?nois atuava como associaçao mais no mes passado tornamos cooperativa

    • Paulo Peneluppi Says:

      Antonio Wilson, parabéns pela conquista de se estruturar como cooperativa. Você deve procurar apoio da Prefeitura Municipal de Campo Maior para obter ajuda nos maquinários básicos para uma cooperativa: carrinho, balança e prensa. As prefeituras tem a obrigação de ajuda por força da Lei 12305/2010 (veja no artigo 18 , item XI – programas e ações para a participação dos grupos interessados, em especial das cooperativas ou outras formas de associação de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis formadas por pessoas físicas de baixa renda, se houver). Mais informações no link https://cooperativadereciclagem.wordpress.com/legislacao/
      Procure também saber se na sua região tem pessoas ligadas ao MOVIMENTO NACIONAL DE CATADORES DE RECICLÁVEIS.
      Fico à disposição.

      Nota: mande o estatuto social de sua cooperativa no meu e-mail paulopeneluppi@gmail.com

  28. Maciel Melo Says:

    Boa Noite, Sr. Paulo, Primeiramente parabeniza-lo por instruir e orientar varias pessoas, que desejam participar direta e ativamente, que se preocupam e buscam melhorias para o bem estar de nosso planeta, Meu nome e (Maciel Melo), trabalho com empresas de reciclagem e cooperativas, na compra de – Aparas de Papelao e papeis em geral, ENFARDADOS – empresa (ECOSILVA – Itaquaquecetuba). tambem em constante busca de utilizarmos ao maximo o material reciclado, destinanando este material para empresas que reutilizam, e voltando o material industrializado, completando o ciclo…, buscamos novas parcerias com cooperativas. deixo meus contatos, (11)9.8562-4508 watshap – email. (cielmelo100@gmail.com) , a quem se interessar em formar parcerias.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: